O Dia Mundial da Arte e a nova Coleção Cubista da Avanti Tapetes

Amanhã, comemora-se o Dia Mundial da Arte. A data foi instituída em 2012 com o objetivo de promover a atividade criativa no mundo e foi uma iniciativa da Associação Internacional de Arte em parceria com a UNESCO. O dia 15 de abril foi escolhido por ser aniversário de Leonardo da Vinci, um dos artistas mais importantes da História.

A arte nos une, nos inspira, nos conecta. É um meio de compartilhar conhecimentos e promover a diversidade cultural através de suas muitas manifestações, como pintura, literatura e dança. A arte também é resiliente: mesmo em tempos de crise, os artistas se reinventam e inovam em suas maneiras de representar e expressar suas ideias.

Aqui na Avanti, a arte é uma fonte constante de inspiração na criação dos nossos produtos. Para nossas novidades e lançamentos de 2022, decidimos homenagear o Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e desenvolvemos uma coleção inspirada no Movimento Cubista.

O Cubismo foi um movimento artístico de vanguarda que surgiu na França na primeira década do século XX, um momento de muitas mudanças sociais e avanços tecnológicos, consequências da Segunda Revolução Industrial.

Suas obras buscavam representar elementos da natureza através de formas geométricas,

fragmentadas e bidimensionais. Foi um dos primeiros movimentos a romper com conceitos tradicionais da arte, não tendo compromisso com uma representação realista dos elementos. Seus precursores acreditavam que o artista deveria criar e não copiar o que já existe.

arte pintura quadro picasso cubismo cubista les demoiselle d'avignon
A obra Les Demoiselles D'Avignon, de Pablo Picasso.

Os artistas cubistas também almejavam a simplificação do mundo em suas pinturas. Para isso, se apropriavam de cubos, cones, cilindros e outras formas geométricas com linhas retas e simples. Dentre os principais nomes cubistas estão Georges Braque, Pablo Picasso, Juan Gris, Fernand Léger e Marcel Duchamp. Picasso é um dos pioneiros do movimento e seu quadro Les Demoiselles d’Avignon é considerado a primeira obra cubista.




Cubismo no Brasil


No Brasil, as ideias vanguardistas européias chegaram já na década de 1910 e inspiraram artistas modernistas. Essa influência resultou na Semana de Arte Moderna, que ocorreu em 1922 e foi considerada um marco na arte moderna brasileira. O evento chocou a sociedade com obras que apresentavam um novo olhar sobre a arte. Somente após sua realização, o movimento cubista ganha força no Brasil.

Ainda que os artistas brasileiros não tenham se entregado às características exclusivamente cubistas, é possível perceber influências claras dessa vertente em algumas obras. Tarsila do Amaral foi uma das personalidades que se inspirou no cubismo ao criar suas telas. Nelas, notamos a influência do movimento pelo uso das formas geométricas. Ainda nas artes plásticas, vale ressaltar os trabalhos de outros artistas brasileiros como Anita Malfatti, Vicente do Rego Monteiro, Di Cavalcanti, Candido Portinari e Antonio Gomide.

Inspirada nas ideias e estética cubistas, a Avanti criou os modelos Juan, Marcel, Pablo, Francis e Delaunay.







tapete estampado neutro cinza bege artefacto cubista decoração arquiteto
Tapete Delaunay no ambiente projetado pelo arquiteto Lucio Nocito para a Mostra Artefacto Rio 2022.






13 visualizações0 comentário